Google+ Followers

sábado, 28 de abril de 2012

Apoio ao VETO - Juventude Esperantista BR.




O primeiro Código Florestal brasileiro foi editado em 1934. O Decreto Federal 23793/34 foi elaborado com a ajuda de diversos ambientalistas, muitos dos quais já preocupados, à época, com a conservação das funções básicas dos ecossistemas naturais e cientes da importância de se conservar todos os tipos de vegetação nativa.

No dia 26 de abril de 2012 foi aprovado pela Câmara dos Deputados o projeto de lei que reforma o Código Florestal (PL 1876/99). Agora, o documento segue para a sanção da presidente Dilma Rousseff. Entre outras mudanças de risco, o novo código isenta produtores consolidados até 22 de julho de 2008 de recomporem as áreas desmatadas de APP’s (Áreas de Preservação Permanente).

O mundo vê, assim, um dos conjuntos de leis ambientais mais sólidos de que já se teve notícia – agora, sendo distorcido, mutilado, manobrado em prol de interesses particulares de ruralistas, escondidos covardemente atrás do discurso de apoio à agricultura familiar.

O Brasil se destaca no exterior pela sua grande biodiversidade. Se o novo código florestal for aprovado, o Brasil perderá grande parte de suas matas ciliares. Por isso pedimos a sua ajuda. Vamos manifestar a nossa opinião, pedindo para a presidente Dilma não concordar com estas alterações. Essa é uma das últimas chances que temos de impedir essa atrocidade.

Nós todos moramos num mesmo planeta. Um desequilíbrio natural no Brasil pode afetar também a sua região. Nós estamos todos interligados! Caros amigos de todo o mundo, pedimos cordialmente a sua ajuda. Mudem suas imagens de perfil, compartilhem, espalhem essa notícia!


Fonte original (em Esperanto): Liberaj Bestoj

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Muito Obrigado!
*Responderei o mesmo assim q possível*