Google+ Followers

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Só-rio


Eu sorrio, eu rio, e eu choro...

Eu chuva de um céu que n seca...

Sou só isso, um raio de ouro...

Q o tempo sem tempo carrega...


Quem dera eu já fosse 1 vida,

da vida que em todos pondera...

Quisera não fosse a quimera,

do Nada q a todos convida...


Só chora quem tem coração,

E se ressente assim das escolhas -

Uma sorte de larva entalhada...


A indecisão é 1 dor abrasada,

Da mente, q de tdo sabe nada -

e se demora na teia da ilusão.



L. Janz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Muito Obrigado!
*Responderei o mesmo assim q possível*