Google+ Followers

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Almas Errantes



...Sim... Nosso amor ainda é frágil e demasiado pequeno...

Oscilante demais ele vem e ele vai entre os sonhos e as fantasias...

Essa humanidade e a honra que nós queremos ainda demora...

Pois somos todos espíritos infantis na flor da aurora...

Nos falta mesmo muita intererioridade para que o sejamos...

E é só daí que brota a verdade e amadurece e purificam-se os corações...

Nobres sentimentos e boas ações... Virtude, entrega, compromisso e lealdade não se compram com cartão ou diplama “superior”...

Daí o sentirmos dor nas pequenas coisas porque somos igualmente falhos...

E então nós duvidamos ainda de muitas escolhas também...

Por desconhecermos a nós mesmos e em nós próprios não confiarmos...

É assim que choram e hesitam nossas almas errantes e ainda sombrias...

Sem luz sobre si e não conseguimos ser um com o outro em totalidade...

... Amor e felicidade não se ganha, se consquista.


L. Janz, 23/10/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Muito Obrigado!
*Responderei o mesmo assim q possível*